Tubarões: salvem ou morram.

4 \04UTC janeiro \04UTC 2009

E aí pessoal!

Bem,  não sei se vcs lembram, mas eu sou o reesponsável pela área “genética”/biológica/ensino deste blog. pois bem… os avanços nesta área deste q eu entrei são irrelevantes. =/

Gosto muito mesmo de escrever sobre o assunto, e hoje me vejo meio que perdido, sem ter o que escrever…

Enfim, me sobra falar sobre células tronco ou ecologia ou desmatamento ou ainda sobre as novas regras da ortografia no Brasil. (assunto sobre o qual ainda não me dei ao trabalho de me aprofundar… afinal, estou de FÉRIAS, e só volto em março” =D)

Vou escrever sobre ecologia. mais precisamente sobre ecologia marinha. Mas antes vou fazer um pequeno comentário sobre preservação ambiental.

Muito tem se falado em salvar as matas, a floresta amazônica, fernando de noronha, pampas gaúchos, vegetação litorânea, enfim, o planeta. Mas bem menos barulho fazem aqueles que protestam em prol dos oceanos. E dentro do assunto oceano, podemos falar de coisas microscópicas (mesmo, como microalgas azuis, verdes, vermelhas, multicoloridas) a tubarões-baleia (maior peixe) e baleias azuis (maior mamífero). Sei que este post será grande, mas por favor leiam até o final, se puderem acessem as “referências”, mas principalmente reflitam sobre o assunto e tomem uma posição.

Leia o resto deste post »